Unknown Track - Unknown Artist
00:00 / 00:00
Redes sociais:
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
Fale comigo, será um prazer !
Por e-mail:. marcia@sztajn2go.com.br
No celular:. +55 11 9 6936 1234
ou por Skype: sztajn2go

Ciclo de Fotografia no Cáucaso Norte
 
Qual a razão para ir?
Temos certeza que o Cáucaso Norte, especialmente os locais menos visitados na sua parte russa, deve se transformar em breve em uma região icônica para fotografar paisagens, a vida selvagem e a etnografia. Poucos fotógrafos realmente tiveram essa oportunidade se compararmos com os Alpes, a Patagônia ou o Nepal. Os primeiros a virem terão o caráter de pioneiros e encontrarão uma região com muita pouca intervenção humana nas intocadas paisagens, sem falar no aspecto cultural das gentes do local.


Paisagens 
É possível encontrar uma enorme variedade de paisagens em um território relativamente pequeno. As fotografias icônicas do Cáucaso exibem torres medievais e lugarejos construídos de pedra que se mesclam perfeitamente com as montanhas. E mesmo as montanhas conseguem ser extremamente interessantes no Cáucaso. Nem só de montanhas vive a região mais montanhosa da Rússia. No Cáucaso, há também dunas de areia, florestas subtropicais, infindáveis campos de papoulas e as orlas marítimas...
 
Vida Selvagem
Não espere ter uma experiência fotográfica como a de um safári quando estiver a 10 metros de um animal selvagem, como um urso ou um leopardo da neve. Esconderijos terão que ser usados. Entretanto, mesmo no Cáucaso, há algumas oportunidades de se observar com facilidade pássaros interessantes, cabras montanhesas selvagens, antílopes, veados e bisões.
 
Etnografia 
O Cáucaso Norte mantém um estilo de vida bastante tradicional, apesar de ser considerado como Europa. E não há necessidade de ir muito longe para ver uma diversidade de Sufi dhikrs (os autênticos, não como os da Turquia!), inacreditáveis rituais de Ashura, pessoas usando trajes tradicionais em suas vidas cotidianas...
 
Segurança 
Você deve ter lido ou escutado que o Cáucaso Norte russo é muito perigoso por causa de atentados terroristas, bombardeios e assim por diante.  Até agora ele se encontra na lista de locais que seu governo não aconselha a visita. Entretanto, o Cáucaso Norte mudou para sempre. Todas as guerras findaram há mais de 10 anos. Nós fizemos mais de 4 excursões desde 2016 e, nesse momento, nossos parceiros em 2019 materializaram cerca de 40 grupos. Nem de longe houve sequestros, assaltos ou assassinatos.
 
Nossa Equipe
Anton Agarkov é um dos 100 melhores fotógrafos do planeta de acordo com o concurso “Fotógrafo de Paisagens do Ano” (Landscape Photographer of the Year). Ele será o seu guia aos locais certos nas horas certas para sessões de fotos da natureza e da vida selvagem.
Vladimir Sevrinovsky, que eu, Márcia Sztajn, considero um dos mais fascinantes jornalistas com os quais trabalhei e trabalho (porque sabe entrar discreta e humildemente em qualquer cena ou lugar, escutar e reproduzir sem intervir e desviar o que escuta, quando descreve a cena ou a situação aos seus leitores e seguidores), é o único especialista na cultura do Cáucaso, e também é um ótimo fotógrafo. Ele será o seu acompanhante nos mais diferentes eventos culturais e em encontros com personagens carismáticas, facilitando suas fotos.
 
Nossa Proposta 
Vamos adorar organizar o seu ciclo de fotografia no Cáucaso Norte. 
Pode ser uma viagem individual ou em um grupo de viagem que nós organizamos para 2020.
Você vem com a gente?

Você vem com a gente?

Faça o download do arquivo com imagens: